ESTE TTULO E IMAGENS NO SERO IMPRESSAS

Secretária de Saúde presta contas à Câmara Municipal de Goiânia

Atualizado em 14/11/2018 10:09
Secretária Fátima Mrué apresentou todo o trabalho realizado nos primeiros quatro meses deste ano

Nesta terça-feira, 13, a Secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué, esteve na Câmara Municipal de Goiânia para a prestação de contas do primeiro quadrimestre de 2018 à Comissão de Saúde, presidida pelo vereador Paulo Daher.

 A apresentação das informações é prevista na legislação e abrange o montante e fonte dos recursos aplicados no período, auditorias e a oferta e produção de serviços públicos na rede assistencial própria, contratada e conveniada.

Segundo a secretária Fátima Mrué, a Prefeitura de Goiânia aplicou 17,05% de receita própria com saúde, o índice foi acima dos 15% previstos na LC 141/2012.

Com o controle mais rígido de todos os contratos realizados com os diversos prestadores, a secretaria promoveu  equilíbrio financeiro com a economia de pelo menos 3 milhões por mês.

Foi destacado ainda que a prefeitura vem cumprindo a orientação do Minsitério da Saúde de cobertura de quase 100% do serviço de atenção básica em Goiânia.  

Outro dado apresentado é que o município de Goiânia  atende 82% dos casos de  urgência da cidade, que deveriam ser atendidos pelos hospitais de urgência. A situação acaba sobrecarregando as unidades básicas que são intermediárias e não hospitalares.  

A boa gestão dos processos de trabalho e a gestão financeira também foram destaque  na apresentação. O número de leitos de U.T.I conquistados a partir de 2017 se manteve. Cerca de mil novas vagas de internação em UTI  foram abertas graças aos processos que foram revistos pela Superintendência de Regulação.

Outros números apresentados são:

45.436 internações hospitalares, sendo que 25. 698 foram cirúrgicas e 19.447 clínicas, 49,25% são pacientes residentes em Goiânia e 50,75% são de outros municípios, o que também sobrecarrega o sistema de saúde municipal.

Segundo a secretária Fátima Mrué, a prestação de contas é importante para garantir a  transparência da atual gestão junto ao legislativo e ao cidadão goiano. “Conseguimos melhorar o serviço de  saúde da nossa Capital em muitos aspectos , temos ainda muitos desafios, mas acreditamos que todas as medidas que já foram aplicadas na nossa gestão trouxeram bons resultados”.   

Adriana Moraes,  da editoria de Saúde




Voltar