ESTE TÍTULO E IMAGENS NÃO SERÃO IMPRESSAS

.


O 1º Censo de Recadastramento Previdenciário de Goiânia vai beneficiar 38.881 servidores ativos e inativos, que poderão atualizar seus dados, que serão digitalizados em um novo sistema de tecnologia. A ação da administração municipal é histórica e se inicia no dia 24 de abril e segue até 29 de agosto. 

A promoção do 1º Censo Previdenciário da história da Capital será um avanço para o funcionalismo, que poderá atualizar suas informações em um novo sistema de tecnologia e acessar de forma mais ágil benefícios como as progressões, pensões e aposentadorias. 

O 1º Censo Previdenciário vai permitir a atualização de toda a base de dados do Regime Próprio de Previdência (Instituto de Previdência Social dos Servidores de Goiânia – GoiâniaPrev) e vai englobar seus segurados (servidores ativos e inativos) e seus beneficiários (dependentes). 

A coleta de dados está dividida em três categorias: Cadastral, Funcional e Financeiro. O Censo Cadastral vai atualizar os dados pessoais dos servidores, o Censo Funcional tem foco na atualização do histórico funcional, como cargo ocupado, data de admissão, vínculos anteriores e benefícios concedidos. Já o Censo Financeiro envolve a atualização da base remuneratória de contribuição dos servidores.

Para facilitar o acesso, os atendimentos foram agendados antecipadamente. O servidor deve apenas clicar na primeira letra de seu nome, procurar na lista seu nome completo e conferir a data, local e horário de seu atendimento

 
 

CÂMARA MUNICIPAL  LISTA DE REAGENDAMENTOS

Os servidores de Goiânia terão três postos de atendimento para atualizar os dados, conforme o agendamento, durante a realização do Censo Previdenciário:

Posto Paço Municipal - avenida do Cerrado, n° 999, Park Lozandes

Posto GoiâniaPrev - avenida B, no setor Oeste 

Posto Imas - avenida Paranaíba, no Centro

A Prefeitura de Goiânia organizou as finanças e garantiu, pela 1ª vez na história da cidade, a realização do Censo de Recadastramento Previdenciário, evidenciando que a Capital é exemplo para todo o País. A iniciativa concede aos servidores públicos (ativos e inativos) a oportunidade de acessar seus dados organizados e digitalizados em um novo sistema de tecnologia. 

Os servidores terão:

Mais agilidade na concessão e manutenção de benefícios

Acesso às progressões, aposentadorias e pensões de forma mais rápida 

Acesso online aos dados cadastrais, funcionais e financeiros 


O Censo Previdenciário é uma valorização dos servidores públicos municipais 


O Censo Previdenciário integra o processo de Modernização da Previdência Social de Goiânia, que foi iniciado pela administração municipal em 2017 e permitiu a negociação da dívida histórica da cidade com os aposentados, a atualização da legislação previdenciária e também a implantação de novos sistemas de gestão e de tecnologia.

Promovido em parceria com o Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município (GoiâniaPrev), o 1º Censo Previdenciário atende às determinações da legislação federal - Lei nº 10.887, de 18 de junho de 2004 – que prevê a realização de recenseamento previdenciário a cada cinco anos. A medida também segue as orientações emitidas pelo Ministério Público Estadual (MP-GO) e Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) ao GoiâniaPrev.