Notícias

Gestão Municipal

Busca

ASSUNTOS

AGENDA DO PREFEITO

<
<
<
maio - 2017
>
>
>

  • D | S | T | Q | Q | S | S
 

Cultura prepara retomada de projetos de destaque nacional

Atualizado em 18/04/2017 08:25
Festival Goiânia Canto de Ouro já volta em maio e as negociações para a 7° edição do Goiânia em Prosa e Verso ainda este ano já estão avançadas

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), está se preparando para retomar projetos culturais que colocaram Goiânia em destaque nacional, como o Festival Internacional de Cinema (Festcine), o Festival Internacional de Artes Cênicas Goiânia em Cena, o Canto de Ouro e o Projeto Goiânia em Prosa e Verso. Já nos primeiros meses de gestão do prefeito Iris Rezende, o secretário de Cultura, Kleber Adorno, reuniu-se com artistas e representantes das diversas áreas culturais para discutir e estabelecer os parâmetros para o resgate dos projetos que foram esquecidos nos últimos anos.

O primeiro a ser retomado será o Goiânia Canto de Ouro. Consolidado como o maior festival de MPB em Goiás, o projeto foi criado em 2005 e paralisado na gestão passada. A 7° edição do festival já tem data de estreia, definida durante reunião entre o secretário Kleber Adorno, cantores e músicos goianos na sede da Secult, na semana passada. A partir do dia 18 de maio, o Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro vira ponto de encontro entre músicos e público com o objetivo de estimular o talento, democratizar o acesso à boa música e desvelar a cultura goianiense. Serão 13 semanas de shows, realizados às quintas, sextas, sábados e domingos, com apresentações de mais de 70 artistas por semana. A programação será divulgada nos próximos dias.

Os artistas parabenizaram a iniciativa da prefeitura que, mesmo diante das dificuldades financeiras, se esforça para atender a demanda do setor cultural. “Esse festival é uma oportunidade de mostrar nosso trabalho, que já tem recebido o apoio das leis de fomento, e também um momento de intercâmbio para os artistas”, definiu o músico e produtor cultural Luiz Chaffin.

Também este ano, a prefeitura retoma o Goiânia em Prosa e Verso com o objetivo de estimular a escrita e a leitura de obras literárias. Em parceria com a PUC Goiás e Editora Kelps, centenas de livros escritos por autores consagrados e ingressantes na carreira literária são lançados simultaneamente. 'O Goiânia em Prosa e Verso ficou cinco anos paralisado, mas firmamos, em fevereiro, convênio com as nossas parceiras para a edição e impressão de centenas de livros, dando voz àqueles que desejam expressar-se culturalmente por meio literário', ressaltou o secretário Kleber Adorno.

De acordo com o secretário, a atual gestão encontrou a Secult sem nenhum recurso disponível. 'A situação é crítica, mas garanto que vamos colocar tudo para funcionar e, em breve, Goiânia voltará a ser destaque na área cultural', disse, acrescentando que o prefeito Iris Rezende está concentrando todos os esforços para retomar também, em breve, o Festival Internacional de Cinema (Festcine), o Festival Internacional de Artes Cênicas (Goiânia em Cena), Chorinho e do Sons de Mercado.

Valéria Almeida, da Diretoria de Jornalismo - Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Voltar