Notícias

Gestão Municipal

Busca

ASSUNTOS

AGENDA DO PREFEITO

<
<
<
outubro - 2017
>
>
>

  • D | S | T | Q | Q | S | S
 
  • Portal Goiânia
  • Notícias
  • Estudo que investiga causas de óbitos em Goiânia é apresentado em evento do Ministério da Saúde

Estudo que investiga causas de óbitos em Goiânia é apresentado em evento do Ministério da Saúde

Atualizado em 09/10/2017 10:15
Dados são importantes para elaboração de políticas públicas de prevenção e promoção da saúde na Capital. Trabalho é fruto de pesquisa realizada em cinco hospitais do município

Representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia participaram na última semana do Encontro Nacional Sobre a Melhoria da Informação em Causas de Morte no Brasil. O evento foi realizado entre os dias 1° e 6 de outubro, em Porto de Galinhas, Pernambuco. As servidoras do Núcleo de Informação em Saúde apresentaram estudo sobre a melhoria da qualidade da informação sobre as causas básicas de óbitos ocorridos na Capital.

De acordo com a Superintendente de Vigilância em Saúde da SMS, Flúvia Amorim, o trabalho apresentado traz os resultados de pesquisas realizadas em hospitais do município. “A investigação das causas de óbitos é extremamente importante para que sejam elaboradas políticas públicas de prevenção e promoção da saúde”.

O encontro é um projeto do Ministério da Saúde, que tem por objetivo compartilhar experiências, estratégias e definir planos de trabalho para a melhoria da qualidade do diagnóstico das causas de mortes no país. Além disso, durante o evento foi apresentado um aplicativo que ajudará médicos no preenchimento da Declaração de Óbito (DO).

'Quem participou das discussões em Pernambuco vai atuar como multiplicador do conteúdo entre os demais servidores. A participação em congressos, simpósios e palestras é importante para que a equipe da Prefeitura se mantenha atualizada', destaca a superintendente.

Registro dos óbitos
Quando a real causa da morte não é estabelecida ou são pouco claras, são utilizados os chamados 'códigos garbage'. O termo é utilizado pela Classificação Internacional de Doenças (CID) e colocado na DO quando não é estabelecido uma real causa de morte ou quando as informações são pouco claras para definição da causa básica do óbito. 'Conhecer a real causa da morte auxilia os gestores em saúde a elaborar as estratégias mais efetivas para cada região', ressalta Flúvia Amorim.

Segundo dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), os códigos garbage correspondem a aproximadamente 30% das mortes ocorridas no país e, segundo investigações do Ministério da Saúde, em mais de 70% dos registros de óbitos nas unidades hospitalares, eles não são especificados.

Texto: Leticia Cabral, estagiária da editoria de Saúde

Foto: Núcleo de Informação em Saúde da SMS


Voltar

Endereço: Av. do Cerrado n° 999 Bl.'F'  - APM 09 - Park Lozandes - Goiânia/GO - CEP: 74884-092

Fones: 3524-1000  /  3524-1001

          3524-1002  /  3524-1003