Notícias

Gestão Municipal

Busca

ASSUNTOS

AGENDA DO PREFEITO

<
<
<
outubro - 2018
>
>
>

  • D | S | T | Q | Q | S | S
 

Prefeitura conscientiza população sobre luta contra violência à mulher

Atualizado em 09/10/2018 16:10
Atividades em pontos estratégicos buscam conscientizar as pessoas sobre a luta e prevenção da violência contra as mulheres



A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM) desenvolverá ações durante toda esta terça-feira, 10, para lembrar o Dia Nacional de Luta contra Violência à Mulher. O ponto de partida será às 8 da manhã, na praça do Bandeirante, Centro, com a distribuição de cartilhas e materiais educativos de prevenção, acolhimento, auxílio e formas de denunciar agressores.

Outros lugares serão visitados, como faculdades e locais de grande concentração de pessoas, como o aeroporto e rodoviária de Goiânia. Em postos de saúde e Cais da Capital, escolas municipais e terminais de ônibus também serão entregues materiais. Os ônibus da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RedeMob) irão expor nos displays dos ônibus frase: Diga não à violência à mulher. Ligue 180 ou 197.

As atividades contam ainda com o apoio e integração de diversos órgãos da Prefeitura, como o Coletivo de Mulheres da Companhia de Urbanização (Comurg), da Agência de Turismo e Lazer (Agetul), Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA), Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), Secretaria Municipal de Saúde (SMS), entre outras.

A secretária da mulher, Ana Carolina de Souza Almeida, ressalta que é preciso conscientizar a população sobre os tipos de violência e como prevení-los, além de mostrar formas de combatê-los, evitando o aumento do femicídio. “A delegacia de homicídios nos repassou que só até agosto tivemos nove feminicídios cometidos em Goiânia”, comenta.

A titular da pasta ressalta que os mecanismos legais, como a Lei Maria da Penha, são importantes para o enfrentamento aos abusos violentos e que a Secretaria da Mulher tem procurado ampliar o atendimento e acolhimento às vitimas, com orientação, proteção jurídica e acompanhamento psicológico, independente do tipo de violência a que foram acometidas.

“A Secretaria conta com o Centro de Referência Cora Coralina e a Casa Abrigo, que tem atendimento psicológico e jurídico, além da parceria com a Faculdade de Tecnologia do Senac para oferecer cursos de qualificação profissional”, destaca.

Locais de atividades

- Praça do Bandeirante (Centro de Goiânia) e Terminal Vera Cruz, Secretaria da Mulher, Conselho Municipal dos  Direitos da Mulher e COMURG, Aeroporto e Rodoviárias de Goiânia, Secretaria Municipal de Turismo Eventos e Lazer, Postos de Saúde e Cais da cidade, terminais de ônibus (Isidória, Praça A e Bandeiras), Secretaria Municipal de Assistência Social, Associação de Surdos, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas, Secretaria Municipal de Educação e escolas municipais e CMEIs, Faculdade Assembleiana do Brasil, Universidade Estácio de Sá, Faculdades Alves Faria (ALFA)

A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo - RMTC estará expondo nos displays dos ônibus a nossa campanha: Diga não a violência à mulher. Ligue 180 ou 197.
 

10 de Outubro – Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher

Instituída em 1980, em homenagem ao movimento de mulheres que ocuparam no dia 10 de Outubro do mesmo ano, as escadarias do Teatro Municipal para protestar contra o aumento nos crimes contra mulheres em todo o país. Infelizmente 38 anos depois, o número de casos de violência aumentou, sejam de várias origens, física, moral,  psicológica, doméstica, sexual, entre outras.

Luciano Joka, da Diretoria de Jornalismo



Voltar

Endereço: Av. do Cerrado n° 999 Bl.'F'  - APM 09 - Park Lozandes - Goiânia/GO - CEP: 74884-092

Fones: 3524-1000  /  3524-1001

          3524-1002  /  3524-1003