Notícias

Gestão Municipal

Busca

ASSUNTOS

AGENDA DO PREFEITO

<
<
<
setembro - 2019
>
>
>

  • D | S | T | Q | Q | S | S
 

Prefeitura de Goiânia garante segurança de pontes e viadutos da capital

Atualizado em 12/06/2019 14:27
Vistorias diárias auxiliam nos trabalhos de prevenção e recuperação de danos causados pelo tempo ou até mesmo por ação do homem

Goiânia possui cerca de 85 cursos d’água e a Prefeitura mantém, por meio da Seinfra, ação constante para prevenção de erosões e trabalho contínuo de manutenção de travessias (pontes, bueiros e viadutos). Entre setembro e dezembro do ano passado, um estudo que envolveu várias áreas da secretaria, traçou um diagnóstico de 72 pontes e bueiros e indicou as ações para solucionar os problemas encontrados.

Marginal Botafogo

Na Marginal Botafogo, por exemplo, embora as obras de recuperação dos 17 pontos críticos tenham solucionado, em caráter definitivo, o problema antigo e recorrente com enchentes, uma empresa privada está fazendo um diagnóstico de toda a bacia do Botafogo e, ao final, a pretensão da Prefeitura é promover novas intervenções, com redimensionamento e execução de novas galerias de águas pluviais, com bacias de contenção e jardins de chuva para aplacar o volume exagerado de água que desce para o córrego. Além disso, serão revitalizadas as obras de arte pintadas nas pontes e viadutos, e instalada iluminação de led em toda a extensão. “Usamos toda a tecnologia e experiência de nossos profissionais para solucionar os problemas na Marginal Botafogo e nas últimas águas já não tivemos nenhum problema com enchente ou alagamento, mas continuaremos promovendo intervenções que garantam a segurança para os usuários”,  informa o secretário da Seinfra, Dolzonan da Cunha Mattos.

Córrego Cascavel

Outro córrego fiscalizado em toda a sua extensão foi o Cascavel, que teve o fundo do canal totalmente recuperado, melhoramento do sistema de drenagem, contenção dos taludes, com a revegetação das margens para proporcionar maior estabilidade, limpeza dos bueiros e construção de bocas de lobo onde foi necessário. Nas diversas pontes sobre o Córrego em que o estudo diagnosticou problemas foram feitos os trabalhos indicados, como contenção de processo erosivo, recuperação do guarda corpo e instalação de guard rail e grade de proteção no canteiro central da via.

Ponte da Avenida T-63

Na ponte da Avenida T-63, o estudo não diagnosticou problema quanto a sua estabilidade e solidez. O secretário Dolzonan lembra que essa ponte é uma obra relativamente nova, construída na década de 90, com uma estrutura mista de concreto e aço, com blocos de fundação assentados em estacas pré-moldadas resistentes e profundas, sem risco de colapso ou desmoronamento.

“Eu não vejo risco aparente de desmoronamento ou colapso dessa ponte, porque a estrutura está totalmente estável. A manutenção é feita permanentemente, tanto na ponte sobre o Córrego Cascavel, na Avenida T-63, como em todas as pontes da Capital”, garante.

Ponte Avenida 24 de outubro

Outra ponte recuperada pela Seinfra é a da 24 de outubro, no Parque Campininha das Flores, também sobre o Córrego Cascavel, que teve o encabeçamento recomposto, devido ao assoreamento, mas a estrutura em si estava totalmente estável.

Junto às obras de encabeçamento, as muretas de proteção foram reconstruídas, passeios reparados e as bocas de lobo recuperadas. Para todo o trabalho foram utilizadas 1,2 toneladas de pedra marruada, 1,5 toneladas de cimento, 14 toneladas de massa asfáltica e 84 metros cúbicos de concreto ciclópico.   

De acordo com o secretário Dolzonan Mattos, a Seinfra segue um cronograma diário de vistoria e recuperação de obras de arte da Capítal e nenhuma está sob risco de colapso ou desabamento. “Realizamos constantemente vistorias em todas as pontes, bueiros e viadutos de Goiânia. Por isso, conseguimos diagnosticar o problema e iniciamos a imediata recuperação, evitando, assim, maiores prejuízos”, esclareceu.

Nara Serra, da editoria de Infraestrutura
Voltar

Endereço: Av. do Cerrado n° 999 Bl.'F'  - APM 09 - Park Lozandes - Goiânia/GO - CEP: 74884-092

                Fones: 3524-1000  /  3524-1001

                 3524-1002  /  3524-1003

                Fotos Flickr: photos/iris20172020