Notícias

Gestão Municipal

Busca

ASSUNTOS

AGENDA DO PREFEITO

<
<
<
agosto - 2019
>
>
>

  • D | S | T | Q | Q | S | S
 

Mais de 1.200 alunos passam para fase final da Olimpíada de Matemática

Escrito em 11/07/2019 10:51
Educandos do 6º ao 9º ano competem na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas em prova marcada para o final de setembro

Investimento e valorização da atual gestão em educação de qualidade se convertem em bons resultados. Prova disso é a classificação de 1.241 alunos de escolas da Rede Municipal de Ensino (RME) para a fase final da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Os números foram divulgados na última semana e as provas serão realizadas no dia 28 de setembro.

Ao todo, 311 escolas goianas participaram da 1ª fase da Obmep 2019, entre instituições municipais e estaduais, sendo 136 da RME. As avaliações aconteceram no dia 21 de maio e consistiram em prova objetiva composta por 20 questões de múltipla escolha. Do total, 119 instituições tiveram 818 educandos aprovados para a 2ª fase – nível 1 (6º ou 7º ano), enquanto 59 escolas aprovaram 423 alunos para a 2ª fase – nível 2 (8º ou 9º ano).

Os classificados, agora, investem nos preparativos para a última etapa, cuja avaliação é constituída por prova discursiva composta por seis questões. As provas serão aplicadas pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), assim como a correção. De acordo com o cronograma, a divulgação dos premiados deve acontecer no dia 03 de dezembro.

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática – SBM, e promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC

Preparação
As escolas participantes das Obmep investiram pesado nos preparativos ao longo do primeiro semestre. Na Escola Municipal Pedro Gomes de Menezes, por exemplo, foram formados dois grupos orientados pelo professor Hélio. Os alunos foram inspirados pelo colega Jonatan de Lima Santos, medalhista de ouro na última edição da competição.

O docente comenta que a participação do estudante “formou a base preparatória na escola” e instiga os próximos vencedores, reforçando que o bom desempenho nas competições possibilita a participação em etapas maiores, como as Olimpíadas Internacionais de Matemática. O próprio Jonatan faz questão de incentivar a participação dos colegas!

Segundo ele,  uma olimpíada traz diversos benefícios, incluindo conviver e compartilhar com diversas pessoas o gosto pela Matemática. O medalhista frisa que a experiência “aumenta sua percepção lógica e, por consequência, suas notas na escola”. O jovem destaca a possibilidade de participar competições de maior escala, como a OBM e etapas internacionais.

Os professores também passam por preparatório especial através do Programa Obmep da Escola. Voltado para professores de Matemática das escolas públicas, o programa tem como um de seus objetivos contribuir com a formação e estimular a adoção de novas práticas didáticas em sala de aula. Nisso, são orientados quanto a conteúdos programáticos e prática da resolução de problemas.

Luciana Gomides, da editoria de Educação e Esporte
Imagem: Divulgação Obmep

 


Voltar

Endereço: Av. do Cerrado n° 999 Bl.'F'  - APM 09 - Park Lozandes - Goiânia/GO - CEP: 74884-092

                Fones: 3524-1000  /  3524-1001

                 3524-1002  /  3524-1003

                Fotos Flickr: photos/iris20172020