ESCOLA DE GOVERNO DARCI ACCORSI

Gestão Municipal

Busca

GLOSÁRIO DE EVENTOS DE FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO
 
 
AULA INAUGURAL
Como o próprio nome diz, é a aula que inaugura um curso. Pode ser proferida por professor de público e notório conhecimento do assunto do Curso. Devem estar presentes, além dos alunos, professores do curso e demais membros da Instituição.
 
AULA MAGNA
Aula ministrada por uma autoridade de grande expressão. Difere da aula inaugural porque pode ser ministrada em qualquer época do período letivo.
 
CONFERÊNCIA
Caracteriza-se pela apresentação de um tema informativo, técnico ou científico, por autoridade em determinado assunto, para um grande número de pessoas. Consiste em duas partes: o auditório e os expositores. A conferência visa a um público específico que demonstra familiaridade com o assunto abordado. Estes podem discorrer sobre um assunto previamente escolhido e de seu amplo conhecimento. Mais formal que a palestra, necessita de um presidente de mesa, que fará a apresentação do conferencista. Ao final, respondem a perguntas formuladas pelo auditório.
 
COLÓQUIO
Semelhante à Conferência, o Colóquio é apresentado por profissional de renome e com notório saber sobre o assunto e tem como objetivo o esclarecimento de um tema ou a tomada de decisão. É mais utilizado em classes específicas, como por exemplo, o segmento médico. Após a apresentação do tema, o plenário deve ser dividido em grupospara debates e estudos e os resultados apresentados pelos líderes de cada grupo. A decisão final fica por conta da votação do plenário.
 
CONFERÊNCIAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS
As conferências de políticas públicas são definidas oficialmente como espaços institucionais de participação e deliberação acerca das diretrizes gerais de uma determinada política podendo assumir caráter consultivo ou deliberativo.
 
CONGRESSO
É uma reunião formal e periódica de pessoas pertencentes a grupos profissionais com o mesmo interesse, geralmente promovido por entidades associativas, objetivando estudar, debater e chegar a conclusão sobre um tema geral, que é exposto em sub-temas. Os congressos apresentam, ainda, as comissões técnicas, formadas por grupos de estudiosos de um tema específico, com a finalidade de analisar os trabalhos ou debater sobre os temas que serão apresentados no plenário, de acordo com o regimento. As apresentações, trabalhos e propostas são reunidos em um só documento, entregue aos congressistas, junto com as conclusões do evento. A sua duração é de cinco dias e sua realização, anual e bienal.
 
CURSO
Evento educativo, caracterizado pela apresentação e aprofundamento de um tema específico, e que tem como objetivo a construção do conhecimento, capacitando os participantes para o exercício das atividades relacionadas ao assunto proposto. Sua duração depende da modalidade do curso. (presencial, a distância, graduação, pós graduação, ...).
 
ENCONTRO
Caracteriza-se pela reunião de pessoas de uma mesma categoria profissional para debater temas apresentados por representantes dos grupos participantes. Precisa de um coordenador para apresentar os representantes dos grupos e a coordenação dos trabalhos, que podem ser expostos em forma de palestras, conferências, mesas-redondas, painéis.
 
DEBATE
É uma reunião entre duas ou mais pessoas, cada qual defendendo o seu ponto de vista, geralmente antagônico e polêmico. Exige a presença de um moderador ou mediador, que coordena os trabalhos, estabelecendo as regras do evento. Podem ser abertos ao público que, no entanto, não participa; as perguntas só podem ser feitas pelo mediador, por um debatedor ou por pessoas especialmente convidadas para este fim, que tenham interesse no tema debatido.
 
FÓRUM
Este evento caracteriza-se pela troca de informações e debate de ideias, com a presença de grandes audiências. Seu objetivo é o de conseguir a efetiva participação da platéia, sempre numerosa, que deve ser sensibilizada e motivada. Os temas são expostos por orador indicado pelos grupos participantes e apresentados à mesa de trabalhos, constituída de autoridades ou especialistas. O evento também deve ser coordenado por um moderador, que definirá as regras de apresentação de cada grupo.
 
MESA-REDONDA
É uma reunião preparada e conduzida por um coordenador, que funciona como elemento moderador, orientando a discussão para que ela se mantenha sempre em torno do tema principal. Os expositores têm um tempo limitado para apresentar sua ideias e para o debate posterior. Normalmente, a mesaredonda está inserida em eventos mais abrangentes. É utilizada quando o assunto ainda não está consolidado e suscita discussões.
 
JORNADA
São encontros similares aos congressos, porém menores, tanto em alcance como em termos do número de participantes. Chama-se jornada pois geralmente sua duração envolve mais de um dia. Os participantes não necessariamente se dedicam ao mesmo segmento, uma vez que muitas dessas jornadas ou encontros são multidisciplinares.
 
OFICINA
“A Oficina é um âmbito de reflexão e ação no qual se pretende superar a separação que existe entre a teoria e a prática, entre conhecimento e trabalho e entre a educação e a vida”. (Ander-Egg, Apud Omiste; López; Ramírez, 2000, p. 178).
 
PAINEL
Caracteriza-se por um quadro de apresentações, no qual um orador principal e até quatro
painelistas explanam sua visão sobre um tema pré-determinado. É necessária a presença de um moderador que coordena os trabalhos e fixa as regras do evento. O painel é dividido em duas partes: primeira parte: os painelistas apresentam o tema individualmente, de acordo com as regras do evento, tendo o orador principal maior tempo de explanação. Os painelistas abordam sub-temas ou posições próprias do assunto abordado e segunda parte: são seguidas as mesmas regras da mesa-redonda, nas quais os painelistas debatem entre si e respondem às perguntas da platéia, que devem ser feitas por escrito e identificáveis.
 
PALESTRA
Caracteriza-se pela apresentação de um tema pré-determinado a um grupo, que já possui informações sobre o assunto. Menos formal que a Conferência, exige a presença de um coordenador para a apresentação do palestrante e triagem de perguntas. Estas podem ser feitas diretamente pela platéia (que deve ser menor do que a da conferência) durante a apresentação e após a autorização do apresentador. Também aceitam-se perguntas por escrito, desde que identificadas.
 
REUNIÃO
Trata-se do encontro de duas ou mais pessoas, a fim de discutir, debater e solucionar questões sobre determinado tema relacionado com suas áreas de atividades.
 
REUNIÃO TÉCNICA
Uma reunião técnica é o encontro de duas ou mais pessoas, em determinado tempo e local, para discussão de tema específico com a finalidade de alinhamento de ações.
 
SEMINÁRIO
Caracteriza-se pela discussão de um tema proposto, do qual se estuda todos os seus aspectos, pesquisados por grupos e apresentados por representantes, não havendo tomada de decisão. É apresentado sob a forma dialogal, como palestra, painel, debate ou mesa redonda, em período pré-determinado, com a presença de um coordenador que domine o assunto e de um ou mais apresentadores, escolhidos pelo grupo. São permitidas perguntas, de preferência escritas e identificadas. A duração do seminário é no máximo de um dia inteiro. Se realizado em mais de um dia é jornada.
 
SIMPÓSIO
É a apresentação de um tema geral de grande interesse, que é dividido em sub-temas, por especialistas de renome, sendo seu objetivo final o intercâmbio de informações, com a tomada de decisão. Mais eclético que o congresso, permite também a apresentação de temas de interesse geral, e não só de classes específicas, no qual pessoas de todos os segmentos e setores sócio-econômicos podem ter interesse. A duração de um simpósio é, em média, de um a três dias.
 
VIDEOAULA
Recurso audiovisual que desempenha função didática em que as informações transmitidas podem ser ouvidas e visualizadas, facilitando a compreensão das mesmas.
 
TREINAMENTO
É a educação, institucionalizada ou não, que visa adaptar a pessoa para o exercício de determinada função ou para a execução de tarefa específica. Consiste na aplicação de um somatório de atividades técnicas objetivando à preparação do indivíduo para o desenvolvimento de atividades que virá a executar.
 
VIDEOCONFERÊNCIA
 Caracteriza-se pela apresentação de um tema a um grupo de pessoas, que tem interesse sobre o assunto, estando os participantes dispostos em espaços diferentes e distantes. Essa apresentação é feita por meio de recursos audiovisuais e eletrônicos, que permitem a interação entre os participantes.
 
WEBCAST
É a transmissão de conteúdo multimídia por meio da internet. Para isto, é utilizada a tecnologia de streaming, em que a partir de uma única fonte de dados é gerado áudio e vídeo e transmitido simultaneamente para inúmeros participantes. À medida em que os palestrantes expõem suas ideias, os participantes podem interagir fazendo perguntas ou comentários por meio de um sistema de bate-papo (chat). Existe um mediador que analisa as perguntas e repassa os questionamentos aos palestrantes. Além do vídeo e do chat existe um espaço, denominado Mural, onde são apresentadas informações adicionais como apresentação de slides, dados sobre o palestrante, email para contato ou outra informação que seja pertinente ao assunto apresentado.
 
WEBCONFERÊNCIA
É uma reunião ou encontro virtual realizada pela internet por meio de aplicativos ou serviço com possibilidade de compartilhamento de apresentações, voz, vídeo, textos e arquivos via web.
 
WORKSHOP
É uma palestra dividida em duas partes: teórica e prática. A primeira caracteriza-se pela apresentação teórica de um tema e a segunda trata-se da fase prática, na qual os participantes exercitam as informações recebidas.
 
 
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 
ADMINISTRADORES. Portal Administradores Negócios Digitais. Publicado em 9 de abril de 2008. Disponível em: http://www.adminis tradores.com.br/artigos/carreira/definicao-detreinamento/22212/.
 
BRASIL. CNAS. Política Nacional de Educação Permanete do SUAS.
 
BRASIL. SG-PR/SNAS. Disponível em: www.presidencia.gov.br.
 
CELEPAR. Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná. Transmissão de Eventos – Webcast. Disponível em: http://www.celepar.pr.gov.br/modules/ conteudo/conteudo.php?conteudo=2
 
CONSULTORES. Diferença entre Curso, Palestra, Workshop, etc. Disponível em: http://www. consultores.com.br/artigos.asp?od_artigo=686.
 
FEPESMIG. Guia de Eventos. Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas. Minas Gerais. 2010.
 
SENADO FEDERAL. Manual de Organização de Eventos do Senado Federal. 2013.