ASSISTÊNCIA SOCIAL

Gestão Municipal

Busca

Proteção Social Básica

 

Banco Municipal de Alimentos

 

O Programa Banco de Alimentos do Município de Goiânia foi criado através do decreto nº 1083 de 29 de abril de 2004, vinculado ao Programa Fome Zero/Prefeitura Municipal de Goiânia/Secretária de Assistência Social (Semas). É responsável pela captação de gêneros alimentícios e sua distribuição para entidades que compõem a rede de Proteção Social do Município Goiânia. Os alimentos são distribuídos nas Unidades próprias e entidades que compõem a Rede Socioassistencial no Município já cadastradas.

O Banco também é responsável pela execução do Programa de Aquisição de Alimentos Compra Direta Local da Agricultura Familiar – PAA realizado em parceria com o MDS que tem por objeto a aquisição da agricultura familiar e sua destinação para o atendimento das demandas de suplementação alimentar de Programas Sociais locais, com vistas á superação da vulnerabilidade alimentar de parcela da população com proposta de contribuir para a geração de renda de aproximadamente 80 agricultores familiares.

Objetivos do Banco de Alimentos:

- Atua com instrumento de combate ao desperdício de alimentos, à fome e a desnutrição;

- Auxiliar na diminuição do número de pessoas que se encontram em situação de insegurança alimentar;

- Doar alimentos em quantidade suficientes e qualidade adequadas;

- Viabilizar a efetivação do Direito Humano a Alimentação Adequada (DHAA);

- Promover ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) ligados à SAN.


ENTIDADES SOCIOASSISTENCIAIS BENEFICIADAS

No Banco de Alimentos estão cadastradas e são beneficiadas com os alimentos arrecadados

um total de 198 entidades socioassistenciais, perfazendo o total de aproximadamente 266.300 pessoas, entre crianças, adolescentes e famílias. Entre as entidades socioassistenciais atendidas estão os Cras, Creas, Umas, Complexo 24 Horas, Casa de Acolhida Cidadã, vinculados a Semas, e entidades cadastradas no Banco de Alimentos, como abrigos, creches, igrejas, associações, casas de acolhida, unidades de atendimento a dependentes químicos, pessoas com Deficiências mental e física, pessoas com câncer e outros segmentos.

DOCUMENTOS PARA DOADORES DE ALIMENTOS

Não precisa de documentos

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AS ENTIDADES SE CADASTRAREM NO BANCO DE ALIMENTOS

CNPJ
Xerox do comprovante de endereço com CEP
Atestado de funcionamento do Conselho Municipal de Assistência Social
Cópia da última Ata da diretoria
Cópia do Estatuto da entidade

ONDE PROCURAR

Avenida Professor Venerando de Freitas Borges, nº 150, Setor Jaó - dentro da Conab - Fone: 3524-5010 ou 5011